terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Sem Pernas e Sem Cabeça

Caramba! A coisa aqui ta coisa! Ninguém sabe nada sobre a crise, Vi na TV, um deputado falando feito bêbedo na chuva: um monte de caminhoneiros comprou carreta nova, pra transportar carvão pra Vale do Rio Doce, agora eles tão no maior aperto, pq o troço foi financiado e a dita cuja Vale parou de comprar carvão! Bom! Se fosse possível fazer o caminho de volta, ou seja, a fábrica de carro devolver o dinheiro, melhoraria a barra, mas tal n acontecerá!
Noto, q o homem e a mulher comuns n querem discutir a crise, é uma espécie de negação, pq no fundo a gente sabe, q a crise é do sistema capitalista, mas quem vai pagar o pato, é a gente (Missa Número 5 em Lá Bemol Menor ou Maior, n sei bem).
Ainda q escutando Shubert, em lá bemol maior ou menor, n sei bem, penso no cotidiano, se a construção de um discurso do ser humano comum, n modificaria esta situação.
Ouvi falar num ramo da historiografia, q fala da história, articulando a sua escrita (como n podia deixar de ser) tendo como eixo a cultura, ou seja, através dos fazeres do homem comum.
Segundo o cara q falou (tv) sobre esta história /cultura, foi isto q permitiu aos chamados grupos alternativos ou minorias sociais, terem a sua história (anos 60).
Realmente a história oficial, articulada pelo eixo social, vem sendo a história dos vencedores, contudo n se pode dizer, q se tem uma história dos perdedores, mas a situação das chamadas minorias talvez tenha melhorado.
O sistema capitalista, como q, encampa os movimentos alternativos e n raramente os transforma em consumo, como fez com o movimento hippie, por exemplo, onde até mesmo algumas personalidades destes movimentos passaram, de uma celta forma, a comer mais valia dos adeptos destes movimentos.
De outro lado este acervo da contracultura permanece nas mente e corações, o q no mínimo é incomodo para o sistema.
Enfim determinadas construções sociais são objetivamente possíveis, independentes dos governos, por exemplo, coleta seletiva de lixo, em casa, e passagem deste lixo diretamente para as associações de catadores de material reciclável. Contudo estas e outras iniciativas logo-logo despertariam a cobiça de alguém, q se intitularia empresário do ramo.
Tratar-se-ia aí de se criar “uma ilha socialista”, q segundo o Tio Engels é impossível, mas q daria mote a uma celta resistência, né?
Sei lá, vou parar por aqui com este monte de idéias contraditórias e simplórias, mas q o Tio Marx ficou doido (adorou) a Comuna de Paris, isto lá ficou !! Agora num sei cumé q a gente vai fazer, se a crise atingir o Brasil, quais serão nossas articulações de sobrevivência. KKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!

Um grande abraço gente!

6 comentários:

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx disse...

"...se a crise atingir o Brasil..." coitada(palavra feia, não deve ser usada com pessoas sensíveis. Só prá ter idéia, sua origem vem de coito), mas voltando a crise. Ao chegar ela será bem recebida, crises piores nos acompanharam sempre. Essa nos tiramos de letra. "Nunca antes neste país se viu uma crise tão pereba"

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx disse...

Só superaremos qualquer crise se recolhermos as idéias das massas, concentrá-las e levá-las de novo às massas afim de que estas as apliquem firmemente. Assim são elaboradas as idéias justas de direção. Esta é a única forma correta de direção democrática.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx disse...

رشق الرئيس الأميركي جورج بوش بحذائه "وطني متشدد" كان يخطط منذ أشهر لفعلته التي ادانتها الحكومة العراقية. وقال جهاد الربيعي ان "الامر متوقع من منتظر اذ انه وطني متشدد جدا فيما يتعلق بالعراق". واضاف ان "التصرف الذي بدر من منتظر هو تصرف شخصي يعبر عن نفسه فقط وليس عن توجه القناة". وشدد على ان "القناة التي لديها مقر في مصر، مستقلة ولا ترتبط باي حزب سياسي". وقال مصدر في القناة ان "منتظر كان يعمل لقناة +الديار+ المحلية سابقا وقبلها في عدد من الصحف المحلية وهو شيوعي يساري في ميوله السياسية ومناهض للاميركيين والقوات الاميركية ومتشدد في معارضته للرئيس الاميركي بوش". واضاف المصدر الذي رفض الكشف عن اسمه "ان منتظر توعد قبل حوالى سبعة اشهر امام عدد من الصحافيين بان يلقي حذاءه على رأس بوش اذا سنحت له الفرصة بحضور مؤتمر للرئيس بوش الا ان الاخرين اعتبروه مجرد كلام ليس اكثر".

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx disse...

O comentário acima, feito em árabe, traduzido de modo mais livre tem o seguinte significado:
" Ó Alá, nos proteja de todos os males, se os cães infiéis nos lançarem pragas provocadas por sua ganância ou qualquer outra forma de ganho ilícito, faça com que tais pragas retornem a eles. E para mostrar todo o nosso desprêzo por tais individuos, lançaremos nossos sapatos contra suas sujas faces."

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx disse...

Se a crise americana chegar por aqui será uma marolinha. Não dará nem para esquiar." Lula (4/10)

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx disse...

Juro que não comento mais. Palavra de honra!